Antigo empregado da NSA demonstra como interceptar streams da webcam no OS X

Patrick Wadle (@patrickwardle) é um perito em segurança informática que já trabalhou para a NSA. Na conferência Virus Bulletin ele demonstrou como é possível criar malware que espia os utilizadores de um Mac, através da webcam.

Não é novidade para ninguém que os computadores actuais têm uma luzinha que acende quando a câmara está a ser usada. Apesar disso há quem insista (eu) em colocar um autocolante por cima da câmara, não vá o diabo tecê-las.

No entanto, o que é sugerido nesta conferência é precisamente aproveitar os momentos em que a câmara está a ser usada (numa sessão Skype, FaceTime, etc.) para captar as imagens/som. Aí não há autocolante que nos salve.

Ou seja, é uma técnica que pode ser equiparada a uma escuta telefónica mas com o bónus da imagem.

Resta saber se esta, ou outra, técnica funciona noutros sistemas operativos.

Fonte: NSA spy details how to tap into webcam on Mac without user noticing

Foto: @Mao_Ware