Polícia americana pode vir a usar drones com armas taser

As autoridades estão cada vez mais abertas ao uso de tecnologia no combate ao crime.

O Wall Street Journal reporta que foram iniciadas conversações entre a empresa Taser International e a polícia americana com o objectivo de equipar tasers (armas de electrochoque) em quadcopters telecomandados para serem utilizadas em situações de alto risco como no caso de terroristas barricados.

O objectivo é incapacitar o suspeito em vez de o matar, como aconteceu recentemente em Dallas quando um atirador foi morto por um robot equipado com uma bomba.  Recentemente, a polícia de Los Angeles também usou um robot para desarmar um suspeito de homicídio.

Claro que uma  iniciativa destas não pode passar sem alguma polémica:

However, critics are likely to fear that such a plan would ultimately lead to the police loading up drones with guns and other weapons.

Portland police department’s Pete Simpson told the Journal that while a Taser drone could be useful in some circumstances, getting the public “to accept an unmanned vehicle that’s got some sort of weapon on it might be a hurdle to overcome.”

Simpson added that it’s nevertheless useful to discuss how technology can play a role in “improving officer safety, community safety, and suspect safety.”

The idea of a Taser-equipped quadcopter is actually nothing new, with at least one company already having built such a contraption. But police have so far only ever deployed stun guns on the ground, manually, and within close proximity of the target.

Do meu ponto de vista é preciso também tomar medidas para que esta tecnologia não seja usada para fins menos democráticos. As autoridades, principalmente sob pressão de governos autoritários,  podem cair na tentação de usar estes drones para controlo de multidões, tal como em concentrações ou manifestações públicas.

Antes de se começarem a usar armas destas é preciso garantir que existem mecanismos para punir o seu uso indevido por parte das autoridades.

The police may one-day patrol the streets with taser-equipped drones [Trevor Mogg, Digital Trends]

Fotografia: Ars Electronica