Era uma vez o SHA-1

Desde 2015 que já se sabia, na teoria, que o algoritmo de hashing SHA-1 era inseguro. Sabia-se que o algortimo era vulnerável a ataques de colisão. Agora está provado.